Analisamos três modelos de Snapdragon, o 888+, 870 e 845. Existe tanta diferença entre modelos recentes a um já lançado há quatro anos atrás? Analisamos alguns aplicativos de benchmark como o AnTuTu e Geekbench, rodamos testes de estresse para monitorar temperatura e ver onde o processador abre as pernas. É isso que vamos analisar agora.

Os concorrentes com esses processadores são: Moto G200, carregando o Snapdragon 888+, ele tem 8GB de RAM LPDDR5. O POCO F3 tem Snapdragon 870, com 6GB de RAM também DDR5. O Zenfone 5z tem Snapdragon 845, o mais antigo deles, com 6GB de RAM DDR4.

O Snapdragon 888+, tem o núcleo principal de 2.99GHz, o Snapdragon 870 tem núcleo principal de 3.2GHz. Já o Snapdragon 845 não conta com um núcleo mais forte, ele tem 4 com mais frequência de 2.7GHz.

Quer ver um comparativo desses com os processadores Snapdragon da linha 700, comenta abaixo quais modelos, eu vou atrás para conseguir eles.

O teste em vídeo:

Teste 1: 3DMark Wild Life Stress Test

O teste 3DMark Wild Life, ele estressa a GPU, unidade gráfica do processador. Ele renderiza cena de jogos em tempo real, quanto mais rápida a cena for executada, melhor.

#CelularesMelhorPiorEstab.Var. TempPreço
10°Motorola Moto G2005.3223.97074.6%26°CR$ 2.899,00
14°Xiaomi POCO F34.2993.51681.8%16ºCR$ 2.389,99
23°ASUS Zenfone 5Z1.4501.41197.3%15°CR$ 2.499,00

O Moto G200 fez a melhor pontuação, foram 5.322 pontos, o POCO F3 fez 4.299 e o Zenfone 5z fez 1.450. Veja que a diferença de pontuação entre os dois recentes é grande para com o Snapdragon 845.

Destaque para o Moto G200 que teve maior pontuação e também variação de temperatura. Foram 26ºC de diferença entre o início dos testes e o fim. Ponto para o G200.

Teste 2: AnTuTu Benchmark

O AnTuTu é o teste mais famoso, com ele o ranking é medido em várias atividades, desde renderizações de vídeos até leitura de QRCode. Ele simula o uso geral e por fim gera uma pontuação.

#CelularesPontuaçãoVar. Temp.Preço
11°Motorola Moto G200719.63331ºCR$ 2.899,00
15°Xiaomi POCO F3669.63318ºCR$ 2.389,99
27°ASUS Zenfone 5Z409.03114°CR$ 2.499,00

O G200 fez 719 mil pontos, contra 669 mil do Poco F3 e 409 mil pontos do Zenfone 5z. Destaque para a variação de temperatura do G200, novamente, foram 31ºC de diferença entre o início do processo e o final, chegando a 50ºC na área externa.

Teste 3: GeekBench

O GeekBench testa duas formas, um teste com o núcleo mais forte e outro teste com múltiplos núcleos. Ele gera valores para cada um destes testes, vamos aos resultados.

#CelularesSingle CoreMulti CoreSomaVar. Temp
Motorola Moto G2001.0162.5973.61320°C
10°Xiaomi POCO F39773.3104.28716ºC
27°ASUS Zenfone 5Z5242.1522.67615°C

Em single core, o G200 com Snap 888+ teve 1.016 pontos, contra 977 do Poco F3 com Snap 870 e apenas 524 do Zenfone 5z com Snap 845. Veja bem, o 888+ tem núcleo principal com 2.99GHz, contra 3.2GHz do 870 e mesmo assim ele desempenhou melhor.

Em multi core, foi diferente. O POCO F3 fez 3.310 pontos, contra 2.597 do G200 e 2.152 do Zenfone 5z. Os núcleos intermediários do Snap 870 e Snap 888+ são 3 de 2.42GHz, em ambos os processadores.

Single Core é utilizado na maioria dos jogos. Novamente ponto para o G200.

Teste 4: CPU Throttling

O quarto e último teste é o CPU Throttling, esse aplicativo estressa e esquenta o CPU. Se o celular for capaz de manter o processador frio, a performance tende a ficar constante e equilibrada. Agora se o calor for alto, o sistema diminui a frequência do processador para que ele esfrie e não frite. Isso é o famoso Throttle, e é essa ação que por exemplo, faz seu jogo cair a estabilidade e frames, dando aquelas famosas travadas.

#CelularesMáximoMédiaMínimoVar. TempPreço
15°Xiaomi POCO F3212.598198.141170.50311ºCR$ 2.389,99
16°Motorola Moto G200250.892193.688167.09410°CR$ 2.899,00
27°ASUS Zenfone 5Z196.355157.084126.84512°CR$ 2.499,00

O resultado desse desempenho calcula quantos o GIPS, Gigabits de instruções por segundo, ou seja, quantas instruções por segundo o processador consegue fazer, no momento.

Em nossos testes, o G200 ficou com máximas de 250 mil GIPS, contra 212 do POCO F3 e 196 mil do Zenfone 5z. Mas as médias mostram melhor o que cada um consegue produzir durante os 10 minutos de testes, nesse caso temos uma variação, sendo o POCO F3 em primeiro com 198 mil GIPS de média, contra 193 mil do G200 e 157 mil do Zenfone 5z. Mostrando que o G200 perde performance por aquecer demais.

Ponto para o POCO F3, nosso ranking é baseado na média.

Resultado

Como resultado, podemos ver que a geração mais recente de processadores ganha de lavada, não era para menos. Em contrapartida, podemos notar que o Snapdragon 888+ quando não é resfriado suficiente, pode perder performance para o Snapdragon 870, caso do G200 que em nossos testes foi o celular que mais aqueceu até hoje. Estou aguardando o S21 FE com Exynos que também parece ser uma fritadeira.

O resultado final, mostra que o G200 é o mais potente entre eles, mas se esquentar ele vai perder em desempenho a longo prazo para o Poco F3, as jogatinas de longa duração podem ter melhores resultados no Poco F3.