Tem coisas que nunca deveriam ter sido inventadas e neste vídeo vou te dar cinco exemplos claros disso. Separamos uma lista de cinco celulares que você deve estar decidido a passar bem longe deles, seja pelo preço que não condiz com sua proposta, performance de qualidade duvidosa ou porque simplesmente algumas fabricantes esqueceram que já estamos em 2022.

Celulares para não comprar em 2022

Assista a matéria em vídeo, aproveite e inscreva-se em nosso canal.

Infinix Note 10 Pro

Não sei se você conhece, mas a Infinix é uma empresa chinesa que tem parceria com a Positivo no Brasil e vez por outra lança algum celular realmente bacana e que vale a pena. Mas esse não é o caso do Infinix Note 10 Pro. O aparelho é até bonito, tem um design diferenciado, mas peca demais no quesito câmeras e desempenho.

Ele tem o processador MediaTek Helio G95, 8 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento, bateria de 5.000 mAh e câmera de 64 MP. Quando ele passou por aqui, o Infinix Note 10 Pro não aguentou completar nosso teste de bateria, demonstrou pouco poder de fogo no teste de desempenho e nas câmeras foi uma decepção. Seu preço de R$ 1.600 até pode ser atrativo, mas não se engane: tem celulares muito melhores por esse preço.

Philco HIT P13

Philco HIT P13
Philco HIT P13

O Philco HIT P13 é outro celular que nós não recomendamos a compra e eu vou te explicar o porquê. Tem muita gente que até prefere ter um celular mais básico, só para fazer ligações e mandar mensagens de WhatsApp, e é por isso que as empresas fazem tantos celulares de entrada. Só que, geralmente, esses celulares custam menos ou próximo de R$ 1.000.

O Philco HIT P13 vem na contramão com um processador Unisoc T610 de baixo desempenho, 4G de RAM, câmera de 16 MP e custando R$ 1.500 atualmente. Por esse valor você pode comprar outras coisas da Philco, como ventilador, microondas e até ar-condicionado. Mas não invente de comprar o HIT P13 porque é certeza que você vai se arrepender.

Moto E22

Motorola Moto E22
Motorola Moto E22

A Motorola também perdeu a mão com o lançamento do novíssimo Moto E22, lançado há alguns dias aqui no Brasil. Ele também é um celular de entrada, tem um hardware modesto que vai dar conta apenas para o básico mas peca em alguns pontos cruciais.

Em pleno 2022, a Motorola vem com um celular com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. O pior é que ele tem o Android 12, que simplesmente vai ocupar boa parte desse pequeno armazenamento que ele tem e que com certeza vai te obrigar diariamente a ter que desinstalar aplicativos, apagar fotos e limpar as mensagens do WhatsApp. Por R$ 1.300, não vale a pena, só vai te dar dor de cabeça.

iPhone 7

iPhone 7 e 7 Plus
iPhone 7 e 7 Plus

Com os preços dos novos iPhones lá em cima, a galera fã da Apple costuma recorrer a modelos mais antigos. Se esse é o seu caso e você der de cara com o iPhone 7, por exemplo, pense duas vezes antes de finalizar sua compra.

Lançado há seis anos, o iPhone 7 chegou com apenas 2 GB de memória RAM, 256 GB de armazenamento e processador A10 Fusion. E com a chegada do iOS 16, a Apple anunciou que encerrou o suporte do iPhone 7. A partir de agora diversos apps vão deixar de funcionar, como o próprio WhatsApp, por exemplo. Isso significa que, a menos que você queira usá-lo como enfeite, não vale a pena comprar o iPhone 7, nem o 7 Plus ou qualquer modelo inferior.

Galaxy A53 5G

Vídeo incorporado do YouTube

Graças ao lançamento do Galaxy A53 5G, a Samsung também não escapou da nossa lista. No papel, o aparelho até tem boas especificações, como 8 GB de memória RAM, câmera de 64 MP, tela Super AMOLED e bateria de 5.000 mAh. Entretanto, esse conjunto mostrou que não funciona muito bem, talvez por conta do processador Exynos 1280 da própria Samsung.

No nosso famoso teste Roda Liso, o Galaxy A53 deixou a desejar em performance em simplesmente todos os jogos, pegando selo NÃO RODA até mesmo no Free Fire Max. Isso quer dizer que não vale a pena. Além disso, pelo seu preço atual de R$ 1.900, você pode levar um celular muito melhor, até da própria Samsung, como o Galaxy M53 que simplesmente bateu o top 1 no nosso ranking de intermediários.

Alguns smartphones para ficar de olho em 2022: