Você com certeza já deve ter ouvido falar desse cara aqui, Samsung Galaxy M62 é o nome dele. Com uma bateria de incríveis 7000mAh e um processador premium de 2019, esse garotão se destaca entre os intermediários, prometendo, além de uma carga gigantesca, também um desempenho e câmeras acima da média.

"Então, esse celular tem uma SUPER BATERIA, tem processador topo de linha, câmera decente. É o melhor celular do mundo?" Calma lá, meu amigo, não é bem assim, é pra isso que existe a Review do Oficina Da Net.

Ficha Técnica

Vamos começar falando do poder de processamento desse carinha aqui. Como já dissemos anteriormente, o M62 conta com um processador premium, o Exynos 9825, encontrado no Galaxy Note 10, lá de 2019, juntamente com a GPU Mali-G76. Ele tem 8 GB de memória RAM e vem em opções com 128 GB ou 256 GB de armazenamento. No momento desse vídeo, o smartphone roda o Android 11 com a One UI 3.1.

Já a tela do aparelho é de Super AMOLED Plus, com 6.7", 60Hz de taxa de atualização e resolução FullHD Plus. E já quero ressaltar que, apesar de ter uma tela dessa, esse modelo aqui não tem leitor biométrico sob o display.

O conjunto de câmeras do M62 conta com 4 sensores: um principal de 64 MP, um ultrawide de 12 MP, um macro de 5 MP e um de profundidade de 5 MP. A câmera frontal tem um total de 32 MP e tanto ela, quanto a traseira gravam em 4K 30 FPS.

Pra acabar essa parte, esse smartphone tem, como já foi falado antes, uma baita bateria de 7000mAh de capacidade, com um carregador de 25W. Ele não possui som Stereo e também não tem compatibilidade com 5G, porém possui conexão NFC.

  • Sistema operacional: One UI 3.1 e Android 11
  • Processador: Samsung Exynos 9825
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB e 256 GB
  • Tela - Tipo: Super AMOLED Plus
  • Tela - Tamanho: 6.7
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Câmera principal: 64 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/1.73
  • 2ª câmera: 12 MP, f/2.2, 12mm (ultrawide)
  • 3ª câmera: 5 MP, f/2.4, (macro)
  • 4ª câmera: 5 MP, f/2.4, (profundidade)
  • Câmera Frontal: 32 MP, f/2.2, 26mm (wide), 1/2.8
  • Bateria: 7000 mAh
  • Carregador: 25W
  • 5G: Não

Samsung Galaxy M62 - Veja aqui a ficha técnica completa

Construção

Primeiramente, já adianto que o Galaxy M62, com exceção da tela, é feito inteiramente de plástico. Se você está esperando uma pintura premium, com beleza, delicadeza e mais mil detalhes, esquece. O M62 é um aparelho grosso, pesado e com cores que não agradam muito. No geral, o design dele é simples e sem muita inovação, principalmente por conta do espaço das câmeras, que é idêntico a um outro smartphone lá da Motorola, o Moto G100.

Samsung Galaxy M62
Samsung Galaxy M62

Outro detalhe importante que me incomodou bastante nesse celular, além do peso excessivo dele, é o quão rápido ele engordura e arranha. As tais marcas de dedo na traseira dele surgem com poucos minutos de uso, e com poucos dias de utilização já começam a surgir arranhões nas bordas. O desenho das costas também é meio desleixado em comparação com o M51. Essa mistura de linhas com a pintura espelhada fazem o aparelho parecer algo saído de 2017, o que eu particularmente não acho muito atraente.

Tela

O display em Super AMOLED Plus em si já tem uma ótima qualidade. As cores são fiéis e a imagem não carece de nada que chame a atenção. O único problema que encontrei foi no brilho, que parece não iluminar tanto. Então, debaixo do sol forte, você pode ter alguns problemas pra poder usar o aparelho. Mas tirando esse detalhe, a tela do celular é excepcional.

Desempenho

Olha, por conta do processador dele, você está esperando uma Ferrari de desempenho, mas calma. Dá uma relaxada e me escuta. Apesar de ter um chip premium de 2019, eu particularmente não notei uma super performance nesse cara, principalmente pra games. Durante o uso cotidiano ele desempenhou regularmente sem travar, nada excepcional, mas com certeza não foi mal.

O problema ocorreu no nosso teste de jogos do Canal Roda Liso, onde o M62 teve resultados bem abaixo da média em gráficos mais altos. Nós também testamos o desempenho dele no Genshin Impact e no COD Mobile nos menores gráficos, com o objetivo de conseguir a maior quantidade de frames possível. O resultado foi 48 FPS no Genshin e 60 FPS no COD.

Nossa recomendação então é: se você quiser jogar no M62, baixe os gráficos para a menor qualidade, porque por incrível que pareça, esse processador não aguenta tudo.

E se você não for um gamer, não há maiores preocupações: a câmera abre depressa e dá pra executar muitos apps ao mesmo tempo.

Câmeras

Já uma coisa que fica claro logo de cara sobre essa câmera: o empenho que a Samsung está botando nos softwares dela. Todas as câmeras desse aparelho, tanto as traseiras quanto a frontal, desempenham mais que o esperado.

Traseira principal

O sensor principal desse aparelho tem 64 MP e sinceramente, ele trabalha bem melhor do que se imagina. A nitidez dele é ótima em boa parte das situações, com poucas desvantagens em relação à fotografia noturna. As cores dessa câmera também tem algum tipo de tratamento de cor bem visível debaixo do sol forte. Você pode perceber aqui que os azuis, verdes e laranjas ficam bem mais saturados que o comum.

Foto Principal, Galaxy M62
Foto Principal, Galaxy M62

Ultrawide traseira

A câmera Ultrawide de 12 MP opera tão bem quanto a principal, com exceção de uma leve falta de vibração nas cores. A lente tem um ângulo muito aberto, que acaba gerando alguma distorção pelos cantos, mas nada que deforme absurdamente o resultado final. No geral, ela funciona incrivelmente bem pra um aparelho desse porte, aprovada.

Foto Ultrawide, Galaxy M62
Foto Ultrawide, Galaxy M62

Macro

Eu tenho que confessar, a câmera macro de 5 MP desse aparelho me surpreendeu mais do que deveria. A gente fez aquela comparação típica de botar lado a lado o zoom da câmera principal com a foto macro, e olha, vou te falar, a macro GANHOU. A foto saiu com uma definição impressionante, sem ficar embaçada, sem cor, ou sem profundidade, como vemos acontecer bastante com outros sensores desse tipo aqui.

Foto Macro, Galaxy M62
Foto Macro, Galaxy M62

Frontal

A frontal do nosso queridão aqui tem 32 MP de resolução, com resultados incríveis. Esse sensor preserva bem os detalhes do rosto, tem bastante nitidez e um resultado muito bom no geral, só que ele tem um porém, as fotos ficam um pouco dessaturadas, esbranquiçadas. Provavelmente tem como resolver isso na edição ou com algum filtro embutido no aplicativo, mas na configuração padrão, foi essa a impressão que tivemos.

Selfie, Galaxy M62
Selfie, Galaxy M62

Vídeos

Assim como o restante das câmeras, os vídeos do M62 não deixam a desejar. Com uma qualidade de até 4K 30 fps, tanto na frontal quanto nas traseiras, esse cara destrói em todas. Os vídeos tem uma função de super-estabilização (que só funciona em 1080p) que quase substitui um tripé de tão perfeito que é. Você vai ver agora aí no vídeo como tudo fica extremamente estável e sem vibração. Também é possível mudar de câmeras enquanto se faz uma filmagem, outra feature legal do M62.

Galeria de fotos do Galaxy M62

Principal, pessoa, diurna
Macro
Principal, paisagem, diurna
Principal, paisagem, diurna
Principal, objeto, noturna
Principal, objeto, noturna
Principal, paisagem, noturna
Frontal, diurna
Frontal, diurna
Frontal, diurna
Frontal, noturna
Ultrawide, paisagem, diurna
Ultrawide, Paisagem, diurna
Principal, zoom máximo

Pontos positivos e negativos

  • Uma das coisas que eu certamente não gostei no Galaxy M62 foi a tela dele ter somente 60Hz de taxa de atualização. Uma tela de no mínimo 90Hz já é uma exigência básica pra qualquer smartphone lançado em 2021.
  • O fato de o aparelho não gravar vídeos em 60 FPS é outro detalhe chato que incomoda bastante o usuário. Não somente em 4K, mas em Full HD também é impossível gravar qualquer coisa acima dos 30 FPS.
  • Apesar de apontar os defeitos e pontos negativos desse aparelho, é importante saber reconhecer os acertos dele. Um desses acertos em questão é a bateria de 7000mAh que, como no antecessor dele, o M51, dura facilmente um dia inteiro de uso. Tanto no nosso teste de bateria, quanto no nosso teste de jogos do Canal Roda Liso, o M62 também teve uma das maiores autonomias de bateria para um intermediário, chegando tranquilamente a uma média de 6:00h a 8:00h por jogo, um número bem considerável.
  • Por último, mas não menos importante: a temperatura. Esse queridão aqui praticamente não esquentou nos jogos mais pesados, com os gráficos mais altos. Esse aparelho tem uma otimização muito boa pra não acumular calor.

Comparações & Concorrentes

Samsung Galaxy M51

Uma das comparações que vem logo na cabeça é com o Samsung Galaxy M51, antecessor do M62. Esses dois aparelhos têm praticamente as mesmas configurações de tela, sendo as duas Super AMOLED Plus com 60Hz de taxa de atualização. Ambos compartilham do mesmo conjunto de câmeras e também da mesma bateria de 7000mAh. O que os difere é o processador do M62, que aquece menos, tem mais performance e utiliza melhor a duração dessa bateria enorme. O Samsung Galaxy M51 atualmente pode ser encontrado na faixa de R$ 1.936,00.

Samsung Galaxy S20 FE:

Galaxy S20 FE
Galaxy S20 FE

Pra você que não abre mão de uma jogatina, de gráficos lindos e de uma câmera mais bem trabalhada, o Galaxy S20 FE é uma opção a se considerar. Essa versão do S20 FE que estamos usando de comparação possui um processador Snapdragon 865 com a GPU Adreno 650 que, no nosso teste de jogos, desempenhou muito bem. A maior desvantagem desse cara aqui em relação ao M62 é a falta de uma super bateria: o S20 FE tem só 4500mAh de capacidade. Atualmente ele está custando R$ 2098,00, e é uma ótima pedida pra quem deseja um smartphone com um ar premium.

Veredicto

Samsung Galaxy M62
8.0
Prós
  • Bateria monstruosa
  • Baixa temperatura em alta performance
  • Câmeras
Contras
  • Tela só com 60Hz
  • Não grava vídeos em 60fps

Por conta do processador Exynos 9825, muita gente se engana quanto à velocidade desse cara aqui. O pessoal pensa que ele vai desempenhar tão bem quanto um celular premium, mas vimos que não é bem assim que funciona. O M62 é um smartphone focado na capacidade extraordinária da bateria e no custo-benefício geral, não na performance e desempenho. Tanto que, se a gente puxar os resultados do nosso teste de jogos e dos benchmarks, vai dar pra ver que os números dele saíram na média dos outros intermediários mais simples.

Não me entenda mal, o M62 desempenha bem, mas com certeza ele não performa como um celular premium.

Com tudo isso dito, a questão que surge é a seguinte: vale a pena comprar o M62? Primeiramente, tudo depende do valor em que ele se encontra. No seu lançamento ele estava com um preço muito elevado mesmo, custando na média de R$ 3.500,00. Hoje, porém, ele já tá podendo ser encontrado por R$ 1.600,00, que é um valor super de acordo com o que o smartphone proporciona.

O Galaxy M62, em geral, cumpre com aquilo que promete: um celular barato e com uma SENHORA BATERIA de 7000mAh. O desempenho pode não ser do melhor, mas sinceramente, por R$ 1.600,00, esse aparelho vale muito a pena. A nota final do Samsung Galaxy M62 é 8/10, pode ir sem medo, que esse carinha não decepciona.

Onde comprar?

Histórico de preços